Capítulo 44

Usher, Justin, Angelina e Dylan vão para o hotel, dormem e no dia seguinte às nove horas da manhã já estavam novamente no hospital. Justin estava no quarto de Van, quando agarra a mão de Van e sente um ligeiro aperto na mão.


Justin: Van! Van! Estás acordada? Por favor responde!


Van abre os olhos ligeiramente.


Van: Justin...

Justin: Eu tenho de ir chamar um médico!

Van: Não... eu quero falar contigo primeiro....

Justin: Mas.....

Van: Por favor....

Justin: Ok....

Van: Eu gostava que uma das meninas se chamasse....

Justin: Ginny! Eu sei!

Van: Quem te disse?

Justin: A Angelina!

Van: Sim, e gostava também que a Ginny e o Harry fossem padrinhos dela, o Ron e a Hermione da Raquel e o Marc e a Joana do Cole....

Justin: Ok! Por mim não há problema, mas tu vais poder dizer-lhes isso daqui por um bocado!

Van: Talvez, mas eu quero dizer mais uma coisa....

Justin: O que?

Van: Eu adoro-te e sei que vais ser um óptimo pai com ou sem mim.... Eu adoro-vos, são a melhor coisa que me aconteceu na vida!

Justin: Posso ser eu a fazer uma pergunta agora?

Van: S...Sim!

Justin: Porque o nome Ginny?

Van: Porque a Ginny foi sempre muito simpática quando eu fui para Hogwarts, quando os meus pais morreram e mesmo quando decidimos que eu ia ter os bebés.....

Justin: E a Hermione, o Ron, o Harry?

Van: Sim, também foram muito simpáticos, o Harry é órfão, tal como eu, mas eu mesmo assim acho que me dou melhor com a Ginny!

Justin: Está bem! Eu agora tenho de ir chamar o médico, por favor, não te esforces!

Van: Está bem!


Justin sai do quarto a correr e algum tempo depois entra no quarto com um médico atrás dele, quando entram no quarto vêem Van sentada na cama com Raquel ao colo.


Justin: Eu disse para não fazeres esforços....

Van: Não resisti!

M: Mas sente-se bem?

Van: Sim, sinto!

M: E que tal dormiu?

Van: Bem!

M: Ainda bem! Quer comer alguma coisa?

Van: Não obrigado, não tenho fome!

M: Muito bem.... então sendo assim eu vou andando e se for preciso alguma coisa avisem!

Justin: Claro!


O médico sai do quarto e Justin senta-se ao lado de Van na cama, metendo uma mão em cima dos ombros de Van e outro na cabeça de Raquel.


Justin: É linda não é?

Van: É!

Justin: O médico disse que os bebés eram todos saudáveis! E que não havia nenhum problema com eles!

Van: Ainda bem....

Justin: Os outros ainda não viram os bebés....

Van: Queres ir chama-los não é?

Justin: Claro!

Van: Ok! Vai lá!


Justin sai do quarto a correr e algum tempo depois entram todos no quarto atrás de Justin.


Ginny: VAN! (vai a correr abraçar Van)

Van: Ginny, cuidado!

Ginny: Desculpa!

Van: Não faz mal!

Hermione: Posso pegar na Ginny?

Ginny: Não! Ainda me deixas cair!

Hermione: Não é em ti! É nela!

Van: Podes.... claro!


Hermione pega em Ginny.


Hermione: Tenho e ir! Já tenho o que quero! E já agora sou a Bellatrix! Foi mais fácil do que aquilo que eu pensava!


Hermione e Ginny desaparecem.


Ron: HERMIONE!

Harry: Onde é que ela está?

Van: A Ginny! (começa a chorar)

Justin: Ela não a pode ter levado....

Ginny: Ela.... ela.... será que ela.....

Ron: Não, ela não pode ser uma Devoradora da Morte!

Fred: Onde é que ela está? Ela não a pode ter levado!

Van: Eu quero a minha filha! (continuando a chorar agarrada a Raquel)

Justin: De certeza que ela não vai fazer mal à Ginny!

Van: Não a ouvis-te? Ela é a BELLATRIX!

George: Ela não era capaz de fazer mal à Ginny, é um bebé recém nascido!

Van: É a Bellatrix, ela faz de tudo! (começando a chorar mais)


Raquel e Cody começam a chorar também, Justin pega em Cody e tenta acalma-lo enquanto que Ginny pega em Raquel e tenta acalma-la também, Fred e George abraçam Van.


Ron: O Malfoy!

Van: Não me fales do Malfoy!

Ron: Não é isso! A Bellatrix quase de certeza que está a ir para casa do Draco!

Justin: E no que é que isso ajuda?

Harry: Acho que sei..... O Draco quando souber que é filho da Van, de certeza que não vai deixar que lhe façam mal! E vai tentar protege-la!

Ron: Isso mesmo!

Van: Não me parece!

Ginny: O Malfoy pode ter o coração de pedra, mas nunca permitiria que fizessem mal a um filho teu! Ele parece gostar de mesmo de ti!

Van: Mas e se ele lhe faz mal?

Ron: Não faz! Ele vai tentar encontrar a Hermione e pedir-lhe que a leve até nós!

Van: Espero que sim!

Ginny: Toma! Já está mais calma!

Justin: O Cody também!


Entretanto em casa dos Malfoy, Bellatrix chega com a forma de Hermione.


Lucius Malfoy: Sempre raptas-te o tal bebé.....

Narcisa Malfoy: Eu acho que fizeste muito mal!

Draco: Afinal de quem é?

Bellatrix: De uma tal rapariga, uma hum... Van, acho que é assim que lhe chamam e eu faço o que quiser, vocês não têm nada a haver com isso!

Draco: Não! Não! Se a Van sabe que eu conheço quem raptou o filho dela, nunca mais me fala! (pensando)

Narcisa Malfoy: É menino ou menina?

Bellatrix: O que importa? É para matar!

Draco: Não!

Bellatrix: O que Draco?

Draco: Não...hum não porque quero pegar nele, posso? Nunca peguei em nenhum!

Bellatrix: Toma lá! Mas vê lá se te despachas!

Draco: S...Sim! Claro!


Draco pega em Ginny e ao mesmo tempo na varinha.


Draco: PETRIFICUS TOTALUS!

Lucius Malfoy: DRACO!

Draco: CALA-TE! ESTE BEBÉ NÃO PODE MORRER!

Lucius Malfoy: Porque?

Draco: Porque.... é sangue puro! E é filho de uma .... amiga minha!

Narcisa Malfoy: Lucius! Por favor! Não vamos matar um bebé indefeso! Até tu sabes perfeitamente que a Bellatrix estava a fazer uma coisa totalmente errada!

Lucius Malfoy: E o que vamos fazer depois, quando ela voltar ao normal?

Draco: Quero lá saber! Ela pode-me matar se quiser, mas este bebé ela não mata!

Narcisa Malfoy: E como é que a vai levar de volta para os pais?

Draco: Eu conheço uma pessoa que a pode levar!

Lucius Malfoy: Quem?

Draco: A Hermione! A rapariga que está lá em baixo na cave!

Lucius Malfoy: Não a podemos libertar!

Draco: Pai!

Narcisa Malfoy: Lucius! É a vida deste bebé que está em jogo!

Draco: Pai por favor! Este bebé não pode morrer! Por favor!

Lucius Malfoy: Está bem! Vai lá!


Draco vai até à cave, onde vai ter com Hermione que estava sentada no chão.


Draco: Hermione!

Hermione: O QUÊ É QUE QUERES?

Draco: Tens de levar este bebé de volta para a beira da Van!

Hermione: E não será esse bebé a Bellatrix?

Draco: Não, a Bellatrix está lá em cima petrificada, ela queria matar um filho da Van, eu isso nunca deixarei! Por favor leva-o de volta!

Hermione: Está bem! Eu explico tudo à Van e tudo o que tu fizeste para salvar o filho dela!

Draco: Na verdade é a filha!

Hermione: Obrigado Draco! E Boa sorte com a Bellatrix!

Draco: Obrigado! E despacha-te! Vai! (entrega Ginny a Hermione)

 

Hermione pega em Ginny, escreve o nome do hospital num papel que estava no chão, mete-o na mão de Draco e depois vai para o hospital.

No hospital:

Fred: Eu vou lá fora ver se a encontro! Coisa que me parece impossível, mas pode ser que tenha sorte!

Van: Está bem!

George: Eu vou contigo!

Fred: Está bem!


Fred e George saem do quarto e no corredor encontram Hermione com Ginny ao colo.


Fred: Dá-nos a Ginny já!

George: Não nos obrigues a ter de.....

Hermione: Fred! George! (corre a abraça-los)

Fred: Larga-nos! (afastando Hermione e pegando em Ginny)

Hermione: Não estão a perceber, eu sou a Hermione! A Bellatrix raptou-me, prendeu-me na cave da casa dos Malfoy e bebeu Poção Polissuco!

George: Prova-nos!

Hermione: Como?

Fred: Eu sei! Anda! O Ron saberá como reconhecer-te!

Hermione: Sim! Ron!


Os três vão para dentro e quando chegam dentro do quarto Fred vai até à cama de Van e entrega-lhe Ginny.


Van: Ginny! (abraça Ginny)

Ron: Explica-te!

Hermione: O que há para explicar? Ela ontem deve-me ter raptado e levou-me para a casa dos Malfoy.....

Ron: E raptou-te quando?

Hermione: Vocês estavam a lutar, não deram por nada!

Ron: .....

Justin: Vocês estiveram a lutar contra Devoradores da Morte e não nos disseram nada?

Harry: Não vos queríamos preocupar!

Van: E decidiram que era melhor não nos dizer e a Bellatrix raptar a minha filha?

Harry: Pois.....

Hermione: Têm de agradecer ao Malfoy! Ele foi quem salvou a vossa filha!

Van: O Malfoy? Como?

Hermione: Enquanto eu estava na cave ouvi-o a dizer Petrificus Totalus e não percebi bem para quem, mas algum tempo depois ouvi-o a dizer "Ela pode-me matar se quiser, mas este bebé ela não mata!"

Van: Ele disse isso?

Hermione: Foi o que eu ouvi! E algum tempo depois ele desceu, veio ter comigo, com a Ginny ao colo, deu-ma e depois mandou-me embora e entregar-te o bebé!

Van: Ele ficou com aquela louca!

Justin: Ele foi muito corajoso em ter enfrentado a Bellatrix!

Hermione: Eu nunca pensei que o Draco fosse fazer aquilo! Mas pelos vistos, enganei-me!


Alguém bate à porta.


Justin: Quem é?


Um rapaz loiro e alto entra no quarto onde estava Van e todos os outros.


Draco: Posso?

Van: Dra....Draco?

Draco: Eu sei que fiz muitas asneiras enquanto estávamos em Hogwarts, mas ela nunca matará um filho teu! Ela pode ser minha tia, mas se for preciso eu acabo com ela!

Justin: Obrigado!

Draco: Eu fiz isto não só pelo bebé, mas também por ti!

Van: Obrigado!

Draco: Se precisarem de ajuda eu estou..... por aí!

Fred: Se algum Devorador da Morte te apanha estás feito!

Draco: Quero lá saber!

Van: Eu não quero que ninguém morra por minha causa, se alguém tiver de morrer sou eu! Mais ninguém!

Justin, Draco: Mas....

Van: Nem "mas" nem meio "mas" vocês não se vão meter se me acontecer alguma coisa! eu apenas quero que vocês cuidem da Raquel, do Cody e da Ginny! Por favor! Façam-me esse favor!

Ron: Tu não estás a dizer coisa com coisa!

Van: Já disse! Acabou aqui a conversa!

Todos: Ok.....



Espero que estejam a gostar! Não se esqueçam de comentar! Beijos! Fiquem bem!

publicado por Demi Jonas às 23:00